Universo de Memórias

domingo, 16 de maio de 2010

Quando minha filha escreveu

Juntei as peças do seu escrito e entendi o quanto, nos seus 16 anos, a situação toda a machucava.

Hoje teremos aniversário da vó.
Parece o tempo correr desde os 80 anos.
Da insanidade se colhem boas ideias.
Eu vejo as nuvens nadando no céu escuro, com as luzes artificiais e uma melodia inventada em minha cabeça.
Chego, por um momento, a ignorar os outros sons e minha visão se limita ao infinito da minha mente.
Árvores, prédios, luzes, sirenes, motores, chuva, vento.
ESTOU MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO CANSADA DE PESSOAS.
Com todas as suas arrogâncias, mentiras, falta de compaixão, cinismos, futilidades, superficialidades.
Posso ser um Peixe?
Analisar os fatos.
Já que somos uma pessoa só, ao amá-la eu amo a mim mesma, e ao me amar eu a amo.
Com isso, ao me tornar uma pessoa feliz, ela se torna feliz !?
Então falemos de efeitos físicos.
Se eu estiver com dor de barriga, ela também estará?
Mas, depende da dor de barriga.
Assim como depende da união, pessoa e ambiente propício para que isso ocorra.
Uma música, quem sabe?
Melodia?
Sintonia...?
Dor de cabeça?
Não, talvez borboletas no estômago.
Ou, quem sabe, um aquecimento repentino na área mais gorda de sua região facial?
Voltando à análise: A partir do momento que somos uma pessoa só, surge a tendência do melhor desempenho para com a minha própria pessoa, ou seja, para com o outro.
Me sinto com as mãos atadas.
O que eu me tornei, o que eu sempre fui pode não agradar muitas pessoas, mas outras sim e é com elas que eu me importo.

Alzira Margarida, hoje faz 81 anos.
E de um ano para cá muita coisa mudou e pensávamos que não seria tão rápido assim.
Você olha nos meus olhos, estou na sua frente mas sei que preciso fazer isso.
Olho para baixo e passo ao seu lado, será que ainda me conhece?
Percebo seu incômodo perante a tudo e creio que saiba o que fez por todos.
Como nós, os seres humanos, somos contraditórios.
Até irrita.
É invevitável não soltar palavrões quando eu paro para pensar em tudo o que aconteceu com ela.
A alma em seu próprio questionamento.
Elas morrem, sabia?
Não se surpreenda, afinal você é apenas uma fonte de vida para ela, nada mais.

NÓ.

As pessoas precisam ser salvas!
Parabéns vó!

Um comentário:

  1. Que menina linda! Eu queria ter uma namorada assim. :(

    ResponderExcluir